28 de fev de 2011

Nesta Noite


Nesta noite deixarei a porta entreaberta
Não te escondas. Desejo que venhas...
Que me ame, q não me prendas
Nem me detenhas
Muito menos se apaixone...
Venha sejamos loucos inconseqüentes
Mas conscientes...desta forma de amar.
Venha, tenha-me como sua...
Vamos juntos
Saciar a sede deste nosso querer...
Vamos esquecer o mundo lá fora

Vamos realizar as mais
Loucas fantasias e desejos sem pensar na hora
Somente no agora...

0 comentários: