25 de set de 2011

Chave em Meu Coração


Já botei um cadeado no meu peito
E escondi a chave até de mim
Quero ver quem entra nele, desse jeito
Quero ver quem nunca mais me vê assim
A andar nas ruas, sem trajeto
A contar segundos, sem ter fim
A viver os dias feito um objeto
A não ver mais graça no jardim...

Quero ver quem é que o atravessa
Espero, sem pressa, o desafio
A ter esse peito cheio de promessa
Prefiro tê-lo fechado e vazio...

(Zecalu Guimarães )

0 comentários: