25 de set de 2011

Abstinência

Como dói essa abstinência!

Que eu tenha sapiência
Para suportar essa ausência
Que tanto me corrói

Que eu tenha inteligência
Para suportar essa penitência
Que tanto me destrói

Que eu tenha vivência
Para suportar com experiência
O que tanto me dói

Que eu tenha complacência
Para suportar com prudência
O que tanto me mói

Que eu tenha clemência
Para suportar sua indecência
Que tanto me rói

Que eu tenha consciência
Que não terei qualquer evidência
Que vá suprir minha carência...

0 comentários: