2 de fev de 2011

Amor

Me escorrem desejos pelo rosto, pelo corpo.
Um amor susto. Um amor raio trovão fazendo barulho. Me bagunça
e chove em mim todos os dias.


[Caio F.]

0 comentários: